Slump Test

Slump Test

O Slump Test é um método de análise da consistência do concreto, também conhecido como “ensaio de abatimento de concreto”, que mede a consistência do concreto a ser utilizado em sua obra.

Um dos principais fatores de trabalhabilidade do concreto é a consistência, pois ela possui características inerentes ao concreto, relacionando-se com a coesão dos componentes e mobilidade.

Para realizá-lo o Slump Teste deve-se colocar uma massa de concreto dentro de uma forma tronco-cônica, em três camadas igualmente adensadas, cada uma com 25 golpes em espiral (caracol) de fora para dentro da forma, depois de assentar cada camada, você deve retirar o molde lentamente, levantando-o verticalmente e medir a diferença entre a altura do molde e a altura da massa de concreto depois de assentada.

O Slump Test indica parte da trabalhabilidade, entretanto, ela não está relacionada somente a consistência do concreto, dependendo também dos métodos adotados para transporte, lançamento e adensamento do concreto e das características da obra, ou seja, é necessário que o engenheiro ou arquiteto da obra possa indicar o Slump necessário para sua construção.

Ao realizar a compra do concreto usinado converse com a equipe responsável pela sua obra (engenheiro, arquiteto e/ou encarregado) para saber qual Slump deve ser utilizado, caso tenha dúvidas entre em contato com a equipe da G10 Concreto que está apta para auxiliá-lo.

Dica importante: Não é aconselhado adicionar mais água no concreto para “aumentar o Slump”, pois irá alterar as características do concreto e podendo diminuir sua resistência, na G10 Concreto a relação de água e cimento é estabelecido por profissionais especializados, tornando o nosso concreto usinado com excelente qualidade e com o Slump adequado para sua obra.

Sustentabilidade na Construção Civil – Gestão de Resíduos

Sustentabilidade na Construção Civil – Gestão de Resíduos

A geração de resíduos é um dos principais problemas do setor da construção. Segundo o Ministério das Cidades, no Brasil, os resíduos da construção civil são responsáveis por mais da metade do volume de resíduos sólidos gerados em meio urbano.

Os resíduos gerados pela construção civil são prejudiciais tanto para as empresas geradoras como ao meio ambiente. Para as empresas causam um desconforto por muitas vezes não ter um local adequado para destinar os resíduos e pelo desperdício de materiais que poderiam ser utilizados em outro processo; já para o meio ambiente, os resíduos gerados contaminam o solo e o lençol freático por ter uma composição química inadequada, e muitas vezes esses resíduos viram entulhos que prejudicam o tráfego e a drenagem urbana favorecendo a multiplicação de vetores patogênicos: ratos, baratas, moscas, vermes, bactérias, fungos e vírus.

Se por um lado a indústria de construção civil tem como desvantagem produzir resíduos em quase todos os seus processos; por outro, tem como vantagem a capacidade de reutilizar quase que totalmente os resíduos que produz.

Hoje existem muitos estudos referente a reutilização de resíduo na construção civil, o que favorece as empresas e o meio ambiente pois não há desperdício de agregados, diminuindo o processo de extração dos agregados e, minimizando os impactos ambientais gerados pela construção civil.

A G10 concreto é uma empresa que realiza o gerenciamento de seus resíduos, praticando a sustentabilidade e pensando no bem-estar social e ambiental. Atualmente é realizada a coleta seletiva, onde é separado o resíduo orgânico do reciclável; os resíduos contaminados com óleos e graxas são destinados para uma empresa autorizada e certificada para realizar a coleta; reutiliza a água utilizada para lavagem dos caminhões betoneiras e; recicla os agregados (britas) gerados com a sobra de concreto através da lavagem do balão betoneira em um equipamento separador.

Existem várias ações para se trabalhar lidando com os conceitos de sustentabilidade, mas, com estudo e planejamento é possível estabelecer ações que se adequem melhor aos processos e não prejudiquem as empresas e o meio ambiente.

Fatores que influenciam na valorização do imóvel

Fatores que influenciam na valorização do imóvel

Na hora de construir ou adquirir um novo imóvel algo deve ser levado em conta como principal fator de negócio, a valorização que o imóvel tem ou terá no futuro. Para que se possa fazer uma correta avaliação desse fator, elencamos alguns elementos que influenciam na valorização de um imóvel, sendo eles:

Características do imóvel

Aqui você deverá ficar a tento às características do imóvel que pretende comprar ou construir, observando se a documentação dele está em atualizada, se o imóvel está em bom estado de conservação, se há a possibilidade de reforma caso seja necessário, se a estrutura da obra é bem feita, se o tamanho é adequado para o que você deseja e para os interesses de outros, enfim, deve-se pensar no imóvel como algo que será usado por você, mas que também deve agradar a possíveis compradores.


Localização

Se estiver tudo certo com o imóvel, então você deverá ficar atento à localização dele, desde as preocupações básicas como o fato do imóvel estar ou não em uma área de risco, até as mais sutis como se ele está localizado em uma vizinhança tranquila, próximo de mercados, hospitais, escolas, academia e outros também irão contribuir para a valorização ou desvalorização.


Segurança

A região que se encontra seu imóvel é muito avaliada no quesito segurança, podendo ser prioritário ou não a locação/venda do mesmo dependendo de onde ele localiza-se.


Acessibilidade

Por melhor que seja o imóvel se for difícil chegar até ele, certamente ele não será muito valorizado, é preciso levar em conta também se o trânsito ao entorno é tranquilo e se há acesso a transporte público nas proximidades, todos esses são pontos que contam para a valorização.


Tecnologia

Qual a possibilidade de ter acesso à tecnologia no seu novo imóvel, se a resposta for baixa ou nenhuma, saiba que ele será um imóvel não valorizado, hoje em dia o acesso a internet, rede de celular, TV por assinatura e outros, são requisitos básicos para um imóvel se tornar habitável.


Lazer

Outro ponto importante é o acesso a lazer, para ser mais valorizado seu imóvel deve estar localizado em um local com possibilidades de lazer ou de fácil acesso a eles.


Face para o sol 

Por último, mas não menos importante, na hora de comprar ou construir, fique atento à relação que sua obra terá com o sol, é muito importante que os ambientes fiquem sempre arejados, evitando umidade que pode prejudicar toda a estrutura do imóvel, sendo assim, é preciso ficar atento se ele receberá a quantidade adequada de sol.

Com essas dicas é possível construir ou adquirir um imóvel que representará um bom negócio para você no futuro.

Resultados positivos da Sustentabilidade

Resultados positivos da sustentabilidade

Atualmente as empresas são muito cobradas para fazerem uma gestão sustentável de sua produção e prestação de serviços, já é quase uma exigência para manter-se forte no mercado atual, porém em alguns casos não está muito claro quais são as vantagens para a própria empresa ao adotar essa política sustentável, os benefícios para a sociedade e meio ambiente são inegáveis, mas qual é o resultado positivo diretamente ligado à empresa?

Economia

Primeiramente é preciso ter em mente que uma gestão sustentável, se bem aplicada em uma empresa irá produzir economia nos seus mais variados setores, desde a troca do copo descartável por canecas permanentes, até o correto descarte dos resíduos ou o reaproveitamento desses, ou seja, a sustentabilidade sempre será sinônima de economia, mesmo que a longo prazo, sendo assim é algo positivo e desejável para as empresas.

Permanência

A ideia principal da sustentabilidade é desenvolver ações que possam ser mantidas por um longo período de tempo, ou seja, ações que não esgotem recursos, que possam ser realizadas por gerações sem prejuízo para o meio ambiente ou para a sociedade, essa também é a meta de todas as empresas, que suas ações possam durar por gerações, sendo assim a associação de ideias é bem vinda.

Avaliação

A BM&FBOVESPA criou em 2005 um índice, o ISE (índice de Sustentabilidade Empresarial) que é uma ferramenta de análise comparativa de desempenho de empresas listadas na Bolsa sob o aspecto da sustentabilidade corporativa, ou seja, já é possível avaliar os pontos positivos da sustentabilidade em critérios quantitativos e qualitativos e essa ação não é algo nacional é um caminho internacional de avaliação de empresas no quesito sustentabilidade, prova disso é o Dow Jones Sustainability Index e o FTSE for Good.

Sendo assim, as ações em busca da sustentabilidade e dos pontos positivos que ela traz são muitas e para ajudar nisso, deixamos aqui quatro verbos que devem ser sempre utilizados: Repensar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

Repensar

É preciso sempre pensar nos processos e analisar como podem ser dinamizados para que haja economia e menos desperdício.

Reduzir

Com a correta utilização do primeiro verbo será possível reduzir recursos naturais, custos e economizar em todos os sentidos.

Reutilizar

Desenvolver uma política consciente do uso dos recursos disponíveis, nem tudo que já foi utilizado precisa necessariamente ser descartado, por fim:

Reciclar

É preciso mudar o conceito de lixo, criar a consciência de que o planeta é limitado e que deve ser preservado.

A G10 Concreto atua no setor da construção civil buscando sempre desenvolver políticas que promovam a sustentabilidade, na certeza de que os resultados sempre serão positivos.