O tempo de cura do concreto

O tempo de cura do concreto

Para aqueles que estão acostumados a lidar com concreto e todas as suas fases, talvez esse assunto possa parecer um assunto simples, mas a cura do concreto é na verdade um procedimento decisivo para o bom resultado final da sua concretagem, você pode ter feito tudo certo até a aplicação do concreto nas estruturas, porém se descuidar se na hora da cura pode comprometer toda a sua obra.

Mas o que é exatamente a cura do concreto? É o processo de desaceleração da evaporação da água, permitindo a completa hidratação do cimento, que após misturar-se com a água libera calor através desta reação exotérmica, reação esta, que pode chegar a quase 85º Celsius em 4 (quatro) dias, causando fissuras internas e até externas à estrutura. A cura, então, consiste no procedimento de controle da umidade e da liberação do calor de hidratação desse concreto, o objetivo é evitar que o concreto perca água para o ambiente e retraia abruptamente, o que acarreta o surgimento de fissuras.

As consequências de uma cura mal feita ou mesmo não feita são terríveis para a obra, entre elas podemos citar:

  • Aumento da permeabilidade e da carbonatação;
  • Aumento de fissuras por retração hidráulica ou por secagem;
  • Redução da resistência e da durabilidade do concreto;

Para evitar esse tipo de contratempo à cura torna-se um procedimento indispensável, para realizar esse procedimento é interessante saber que, existem formas diferentes de fazê-lo, vamos citar aqui os três principais:

Cura úmida

Deve-se manter a superfície do concreto úmida por meio da aplicação de água na sua superfície, manter o concreto coberto com uma lâmina d’ água ou totalmente imerso em água para evitar que ocorra evaporação da mesma.

Cura química

Consiste em aplicar um produto que forma uma película na superfície do concreto e que impede que haja evaporação da água contida nele.

Cura térmica

Feita em câmaras, é feita em ciclos nos quais o concreto é aquecido e depois resfriado, isso garante a umidade necessária ao concreto, acelerando a velocidade de ganho de resistência pelo aquecimento. É considerada a cura mais eficiente e é muito utilizada em empresas que trabalham com concreto pré-moldado.

Por fim a dúvida que fica é: por quanto tempo devo realizar a cura? Como citado anteriormente, nos primeiros 4 (quatro) dias o concreto tem a maior liberação de calor de hidratação, portanto, é importante nesse período, realizar uma cura abundante para manter a umidade do local e reduzir seu calor de hidratação, e continuar por mais três dias com uma intensidade menor como diz a norma da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) que o mínimo são 7 dias.

Abaixo listamos algumas Normas regulamentadoras que tratam desse assunto:

  • NBR 6118:2014, versão corrigida 2014 – Projeto de estruturas de concreto – Procedimento;
  • NBR 14931:2004 – Execução de estruturas de concreto – Procedimento.

Deixe uma resposta