Sustentabilidade na construção civil – Como praticar

Sustentabilidade na construção civil – Como praticar

O assunto sustentabilidade vem sendo amplamente discutido desde a década de 80 e ainda hoje é um conceito não totalmente aplicado.

A necessidade de se por em prática não se discute mais, pois é consenso de que é imprescindível para a sobrevivência da raça humana na terra, porém a dificuldade surge na hora de por em prática.

Hoje falaremos especificamente desse conceito aplicado à construção civil.

Pode não parecer, mas a construção civil responde por 40% do consumo mundial de energia, por 16% da água utilizada no mundo, consome ainda 40% das pedras e areia utilizados por ano, além de ser responsável por 25% da extração de madeira anualmente. Que o conceito da sustentabilidade precisa ser aplicado nesse setor não há dúvidas, porém como fazê-lo? Para sanar isso é preciso primeiro conhecer o conceito de sustentabilidade.

O que é ser sustentável?

Resumidamente ser sustentável é explorar e utilizar os recursos no presente de maneira que isso não afete o futuro da humanidade e a conservação do planeta. Para explorar esse conceito na construção civil é preciso pensar em três etapas.

Primeira etapa para praticar a sustentabilidade na construção civil.

O primeiro passo acontece antes da construção em si, procure por empresas que sejam sustentáveis para fornecer os materiais ou serviços necessários à obra, é fundamental montar um projeto de construção, estudando se o terreno no qual se pretende construir a fim de se constatar se aquela construção de alguma maneira agredirá o meio ambiente, também é preciso fazer um estudo dos materiais que serão utilizados, dando preferência àqueles menos danosos ao meio ambiente e produzidos também de maneira sustentável.

A G10 Concreto é uma empresa que tem praticado a sustentabilidade fazendo uso de energia limpa e renovável em suas usinas.

Segunda etapa, agora você já estará construindo.

A segunda etapa ocorre na hora de construir, pois essa tarefa deve também ser pensada de maneira a economizar recursos, preservar o meio ambiente e também reaproveitar o máximo possível os recursos utilizados, além disso, é preciso ter um cuidado especial na hora do descarte de resíduos, o ideal é que se faça o reaproveitamento dos materiais que seriam descartados, mas quando não for possível, eles devem ser descartados de maneira adequada.

Terceira etapa, aproveitando os recursos naturais

A terceira etapa, que na verdade permeia as outras duas, trata da construção de meios que possam tornar o uso da obra principal mais sustentável e econômico, por exemplo: a construção de uma cisterna para reaproveitamento da água da chuva, ou mini estações de tratamento de água em grandes construções, instalação de painéis solares para que se possa fazer uso dessa energia que é considerada uma das mais limpas.

As ações são diversas, mas com estudo e planejamento adequado é possível construir de maneira sustentável.

Deixe uma resposta